Você Percebe Que Tem Sido Radioamador …

Você percebe que tem sido radioamador por muuuuuuito tempo quando:

– Atende o telefone e responde: QRZ;
– Tem tanta revista sobre radioamadorismo e eletrônica que acaba usando até como cadeira no próprio “shack” para receber outros amigos radioamadores;
– Tem um rádio HT de 2 metros em cada cômodo da casa;
– Instalou cabo coaxial com o respectivo conector ao lado de cada instalação onde desce o cabo do provedor de internet/TV a cabo;
– A “cristal” chama carinhosamente pelo seu nome e você responde: QAP!
– Seus vizinhos pensam que a RFI e a TVI vieram junto com a casa quando você se mudou;
– Os equipamentos, antenas e acessórios valem mais que o seu carro, em casos extremos mais que a casa;
– Tem tanta válvula antiga, mais tanta válvula que seria possível iluminar toda a casa com o filamento de todas elas juntas;
– Dentro do carro e na hora do “rush”, sem perceber decodifica as buzinadas estressadas dos outros motoristas como sendo CW e o pior, responde buzinando a 50 WPM;
– Participava ativamente da antiga rodada em 7.6 MHz como 1N60, BC548, TIP31, 6DQ5, 6KD6 …;
– Sua coleção de “logbooks” se equipara a biblioteca da cidade;
– Memoriza as datas dos principais concursos e contestes que ocorrem durante todo o ano mas esquece do aniversário de casamento, dos filhos, esposa, netos, e a mais importante o da sogra;

Adriano PY2QA
Extraído da “newsletter” mensal do FISTS, número 3 de 2001

Anúncios

Estratégia Cloward-Piven

Se você ainda não entendeu o motivo pelo qual a esquerda produz incessantemente uma enorme gama de programas assistencialistas, talvez esteja na hora de entender definitivamente o que está ocorrendo no Brasil e no mundo.
A Estratégia Cloward-Piven foi criada por dois sociólogos norte-americanos chamados Richard Cloward e Frances Fox Piven. O objetivo seria sobrecarregar o sistema econômico através de um número tão grande de “benefícios” que estes acabariam por colapsar a economia e as classes pagadoras de impostos, para que então empobrecessem juntamente com as demais, fazendo assim uma das inúmeras possíveis transições ao socialismo. Essa crise planejada terminaria deixando toda a população dependente do governo, transformando os governantes em elite dominante e os governados em uma só classe de escravos, igualzinho está acontecendo no Brasil.
É por isso que cada vez mais benefícios surgem sem que resolvam efetivamente o desenvolvimento social, cultural e econômico do país, pois o setor produtivo, que paga por toda essa estrutura, é cada vez mais escorchado, perseguido e criminalizado. O que parece insanidade ou incompetência é na verdade apenas um processo de desmonte econômico e de posterior dissolvimento de classes e ascensão da casta governante.
É importante frisar para que não nos voltemos contra os beneficiários, e sim contra aqueles que estimulam a miséria humana como arma política. Não há progresso econômico em uma economia planificada, e é justamente isso que o socialismo entrega. Portanto, a partir de agora, toda vez que você ouvir essa balela de assistencialismo, desmascare o interlocutor no ato.
Aos interessados, abaixo segue um vídeo com maiores explicações:
https://www.youtube.com/watch?v=KHvZXDUNyYY