Como Votou Cada Senador no Impeachment da Dilma

Renan Calheiros (PMDB/AL): NÃO VOTOU
Acir Gurgacz (PDT/RO): SIM
Aécio Neves (PSDB/MG): SIM
Aloysio Nunes Ferreira (PSDB/SP): SIM
Álvaro Dias (PV/PR): SIM
Ana Amélia (PP/RS): SIM
Angela Portela (PT/RR): NÃO
Antonio Anastasia (PSDB/MG): SIM
Antonio Carlos Valadares (PSB/SE): SIM
Armando Monteiro (PTB/PE): NÃO
Ataídes Oliveira (PSDB/TO): SIM
Benedito de Lira (PP/AL): SIM
Blairo Maggi (PR/MT): SIM
Cássio Cunha Lima (PSDB/PB): SIM
Ciro Nogueira (PP/PI): SIM
Cristovam Buarque (PPS/DF): SIM
Dalirio Beber (PSDB/SC): SIM
Dário Berger (PMDB/SC): SIM
Davi Alcolumbre (DEM/AP): SIM
Donizeti Nogueira (PT/TO): NÃO
Edison Lobão (PMDB/MA): SIM
Eduardo Amorim (PSC/SE): SIM
Elmano Férrer (PTB/PI): NÃO
Eunício Oliveira (PMDB/CE): SIM
Fátima Bezerra (PT/RN): NÃO
Fernando Bezerra Coelho (PSB/PE): SIM
Fernando Collor (PTC/AL): SIM
Flexa Ribeiro (PSDB/PA): SIM
Garibaldi Alves Filho (PMDB/RN): SIM
Gladson Cameli (PP/AC): SIM
Gleisi Hoffmann (PT/PR): NÃO
Hélio José (PMDB/DF): SIM
Humberto Costa (PT/PE): NÃO
Ivo Cassol (PP/RO): SIM
João Alberto Souza (PMDB/MA): NÃO
João Capiberibe (PSB/AP): NÃO
Jorge Viana (PT/AC): NÃO
José Agripino (DEM/RN): SIM
José Maranhão (PMDB/MA): SIM
José Medeiros (PSD/MT): SIM
José Pimentel (PT/CE): NÃO
José Serra (PSDB/SP): SIM
Lasier Martins (PDT/RS): SIM
Lídice da Mata (PSB/BA): NÃO
Lindbergh Farias (PT/RJ): NÃO
Lúcia Vânia (PSB/GO): SIM
Magno Malta (PR/ES): SIM
Marcelo Crivella (PRB/RJ): SIM
Maria do Carmo Alves (DEM/SE): SIM
Marta Suplicy (PMDB/SP): SIM
Omar Aziz (PSD/AM): SIM
Otto Alencar (PSD/BA): NÃO
Paulo Bauer (PSDB/SC): SIM
Paulo Paim (PT/RS): NÃO
Paulo Rocha (PT/PA): NÃO
Raimundo Lira (PMDB/PB): SIM
Randolfe Rodrigues (REDE/AP): NÃO
Regina Sousa (PT/PI): NÃO
Reguffe (sem partido/DF): SIM
Ricardo Ferraço (PSDB/ES): SIM
Roberto Requião (PMDB/PR): NÃO
Roberto Rocha (PSB/MA): SIM
Romário (PSB/RJ): SIM
Romero Jucá (PMDB/RR): SIM
Ronaldo Caiado (DEM/GO): SIM
Rose de Freitas (PMDB/ES): SIM
Sérgio Petecão (PSD/AC): SIM
Simone Tebet (PMDB/MS): SIM
Tasso Jereissati (PSDB/CE): SIM
Telmário Mota (PDT/RR): NÃO
Valdir Raupp (PMDB/RO): SIM
Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM): NÃO
Vicentinho Alves (PR/TO): SIM
Waldemir Moka (PMDB/MS): SIM
Walter Pinheiro (sem partido/BA): NÃO
Wellington Fagundes (PR/MT): SIM
Wilder Morais (PP/GO): SIM
Zeze Perrella (PTB/MG): SIM

Anúncios

VLT Atropela a História Urbana do Rio!

by ex-Blog do Cesar Maia

(Estado de SP, 08) 1. O VLT é desaprovado por urbanistas ouvidos pelo Estado por ignorar avocação da Rio Branco de ligar a Baía de Guanabara, da Praça Mauá (seu início), do lado do Porto, à Avenida Beira-Mar, junto ao Aterro (onde termina). O arquiteto e urbanista Luiz Fernando Janot, que representa o Rio no Conselho Federal de Arquitetura e Urbanismo, acha que o traçado deveria ter passado por consulta pública. “É equivocado e imediatista. Desvirtua um símbolo da história do Rio. As cidades são construídas paulatinamente por meio do diálogo com a sociedade.”

2. Janot afirmou estranhar o fechamento do trânsito para a criação de um calçadão entre as Avenidas Nilo Peçanha e Presidente Wilson, trecho sem vida comercial, mas de importantes equipamentos culturais: Teatro Municipal, Biblioteca Nacional, Museu Nacional de Belas Artes e Centro Cultural da Justiça Federal. Ali, será criada uma ciclofaixa. Pedestres dividirão o espaço com ciclistas.

3. O arquiteto e historiador Nireu Cavalcanti, professor da Universidade Federal Fluminense (UFF), questiona o fato de o trilho passar sobre o centro histórico da cidade – escavações no período das obras mostraram trechos de calçamento do século 19. “Não cabe interromper essa concepção belíssima, mudar o sentido urbanístico da avenida, que é um patrimônio nosso. Os governos são movidos pelos eventos, agora é a Olimpíada. O VLT é bonito? É. Mas é um equívoco.”